Skip to content
Notícias
Celebramos 80 Anos PDF Print E-mail

Sede do AHMO Arquivo Histórico de Moçambique celebrou no passado dia 27 de Junho de 2014, 80 anos de existência. O AHM foi fundado em 27 de Junho de 1934.
As festividades alusivas aos 80 anos tiveram o seu início em Maio, com a realização do Seminário sobre Arquivos, História e Memória, prosseguindo em Agosto com o Workshop Internacional sobre Preservação Preventiva de Arquivos. Até ao final do presente ano, mais actividades estão previstas para marcar a efeméride, sendo que o ponto mais alto das festividades acontecerá no próximo ano, 2015, com a realização de um seminário internacional, exposições e lançamento de livros.
Pelo octogenário, vão os votos de muitos parabéns a todos que fizeram e fazem parte destes 80 anos, a todos que de variadas formas contribuíram e contribuem para o crescimento da instituição. Aos colaboradores da instituição, o empenho e dedicação que continuem caracterizando o Arquivo Histórico de Moçambique.  

bestofgeeks

 
Conferência Internacional sobre “Fontes de História de África escritas em Arabe (Ajami) e em Latim” PDF Print E-mail

Durante muito tempo, África foi considerada um continente sem história e sem dinâmicas próprias até à chegada dos europeus. Esta forma de pensar foi encabeçada por grandes pensadores europeus do século XIX, tais como Hegel e Hume. Para o primeiro o “continente Africano historicamente não era parte do Mundo” e atribuía todos os movimentos históricos aos asiáticos e europeus. Hume acrescenta que entre os africanos “não se encontram ou não se encontravam fabricantes engenhosos, letrados ou cientistas”. Estas teorias foram alimentadas durante muito tempo pela ideologia colonial que defendia uma supremacia cultural (civilizacional) dos povos europeus em relação aos africanos.

 

Read more...
 
Formação de Técnicos em Gestão de Documentos e Arquivos PDF Print E-mail

Teve lugar entre os dias 4 e 15 de Agosto corrente o curso de Gestão de Documentos em Unidades Documentais: Arquivos Bibliotecas, Centros de Documentação e Informação, promovido pelo Arquivo Histórico de Moçambique a técnicos de instituições públicas e privadas, bem como ao público interessado. O curso decorreu num dos edifícios do Arquivo Histórico de Moçambique, concretamente no Departamento dos Arquivos Permanentes, no campus da Universidade Eduardo Mondlane. No curso, que contou com a participação de mais de 30 profissionais provenientes de instituições como: Caminhos de Ferro de Moçambique, Assembleia da República, Televisão de Moçambique, Estado Maior General das Forças Armadas de Defesa Moçambique e Empresa Nacional de Hidrocarbonetos, foram abordadas matérias ligadas ao tratamento da informação, conservação de documentos, processos / fases do documento, sistema de informação classificada, entre outras matérias. bestofgeeks

Read more...
 
Workshop Internacional sobre Conservação e Preservação Preventiva de Documentos de Arquivo PDF Print E-mail

Teve lugar entre os dias 18 e 22 de Agosto corrente em Maputo, um workshop sobre Conservação e Preservação Preventiva de Documentos e Arquivo, organizado pelo Arquivo Histórico de Moçambique, com o apoio do Conselho Internacional de Arquivos, através do programa FIDA. O curso de 5 dias decorreu nas instalações do Arquivo Histórico de Moçambique, no Departamento de Colecções Especiais e contou com a participação de técnicos moçambicanos e angolanos da área de arquivos, tendo como facilitadora uma especialista portuguesa em matérias de Conservação em Arquivos e Restauro, Dra. Maria da Conceição Lopes Casanova bestofgeeks

Read more...
 
Arquivo Histórico de Moçambique recebe Documentação sobre a Sociedade do Madal PDF Print E-mail

Uma delegação da embaixada da Noruega efectuou no passado dia 21 de Julho, uma visita ao Arquivo Histórico de Moçambique, cujo objectivo consistia na oferta de documentação relativa à Sociedade do Madal, uma companhia do ramo agrícola que se dedicava a produção e exportação da Copra, entre outros produtos. Esta companhia a par de outros capitais, contava com investimento norueguês. A documentação ofertada por Knuts Luksa, por coincidência bisneto de um norueguês (Nicolaysen) que no ano de 1919 viajara para Moçambique (colonial) com o objectivo de proceder uma consultoria na (companhia) Sociedade do Madal, com fim único de aferir a viabilidade de se produzir e exportar mais copra desta companhia para a Noruega para a produção do sabão. Nicolaysen chega a Moçambique contratado pelo governo da Noruega, tendo visitado Lourenço Marques, Beira e a Província da Zambézia (local onde passou cerca de 2 meses), onde procurava obter melhores subsídios sobre a companhia do Madal.

Read more...
 
<< Start < Prev 1 2 3 Next > End >>

Page 1 of 3

Aceda seu email

webmail.uem.mz
zebra.uem.mz

Revista Arquivo digitalizada